terça-feira, 27 de junho de 2023

Alerta: Adivinhações e astrologia no meio cristão!



A adivinhação é uma prática muito antiga na história da humanidade. Desde muito cedo o homem tem nutrido a necessidade de saber do futuro e procurado satisfazer sua curiosidade através de experiências místicas, com elementos e objetos que “supostamente” são capazes de revelar o que está por vim, vale mencionar que até mesmo dentro de muitas igrejas a adivinhação tem sido prática de forma normal, mas o que a Bíblia diz sobre adivinhação? Será que é correto um cristão procurar adivinhos?

Ler astrologia de seu signo? É possível alguém adquirir conhecimento confiável acerca do futuro? Leia até o final e com certeza você vai entender essa questão!

Veremos primeiro o que a Bíblia diz a respeito dessa prática. Nos tempos bíblicos, a adivinhação já era bastante difundida no antigo Oriente, e seus meios eram muito variados.

 Por exemplo, em algumas culturas era bastante comum a Hidromancia: (adivinhação através da água) era uma tentativa de realizar adivinhação através da observação dos reflexos da água e de outros líquidos.


 A astrologia (adivinhação através dos astros) também era muito utilizada na prática da adivinhação entre os povos antigos, as pessoas acreditavam que era possível discernir o futuro com base na leitura das estrelas e astros celestes.


Outra forma de fazer adivinhação era através dos terafins (adivinhação através de imagens) que era geralmente pequenas imagens de ídolos considerados dentro de uma família como os deuses do lar, de algumas formas essas imagens eram usadas com o propósito de fazer adivinhações.


Outra forma era a necromancia (consulta aos mortos) era uma das formas mais populares de adivinhação na antiguidade. As pessoas procuravam maneiras de supostamente se comunicarem com espíritos com a finalidade de obterem informações sobre o futuro.


Nos tempos bíblicos eram usados a rabdomancia (adivinhação através de madeira ou flechas) onde os homens também faziam adivinhações lançando flechas ou pedaços de madeira para cima.


Outra forma era a aeromancia  (adivinhação através das nuvens). Observando as formas das nuvens.


E por fim a hepatomancia (adivinhação através de órgãos de animais), alguns povos praticavam adivinhações examinando as vísceras de animais sacrificados.


 

Em certas culturas várias formas simultâneas de adivinhação podiam ser adotadas como relatado no livro de Ezequiel 21.21: "Pois o rei da Babilônia parará no local de onde partem as duas estradas para sortear a escolha. Ele lançará a sorte com flechas, consultará os ídolos da família, examinará o fígado". A Bíblia reprova qualquer tipo de adivinhação.

No texto bíblico as diversas formas de adivinhação são identificadas como prática pagãs e algo abominável perante o Senhor. Quando os filhos de Israel saíram do Egito, Deus ordenou que eles jamais se envolvessem com adivinhações como descrito em Levítico 19.26 que diz: "— Não comam nada que tenha sangue. Não façam adivinhações nem pratiquem magia." Diversas vezes os israelitas falharam em cumprir essa ordem e até mesmo alguns reis de Israel recorreram à prática da adivinhação, mas o juízo de Deus caiu sobre eles, "Saul se disfarçou, vestiu outras roupas e se foi acompanhado de dois homens. Chegaram de noite à casa da mulher, e Saul lhe disse: — Peço que você adivinhe para mim pela necromancia e me faça subir aquele que eu lhe disser." 1 Samuel 28:8;

"Que não exista entre vocês ninguém que queime o seu filho ou a sua filha em sacrifício, nem que seja adivinho, prognosticador, agoureiro, feiticeiro, encantador, necromante, praticante de magia, ou alguém que consulte os mortos, pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor; e por estas abominações o Senhor, o Deus de vocês, está expulsando esses povos de diante de vocês." Deuteronômio 18:10-12.

 

Inclusive foi pelo pecado dessas práticas que Deus colocou fim aos cananeus, ou seja, eles foram destruídos, Deuteronômio 18:9.12 que diz: "— Quando vocês entrarem na terra que o Senhor, seu Deus, lhes der, não aprendam os costumes abomináveis daqueles povos. pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor; e por estas abominações o Senhor, o Deus de vocês, está expulsando esses povos de diante de vocês."

Considerando tudo que vimos, podemos facilmente concluir que a posição bíblica sobre assunto é que qualquer tipo de adivinhação é abominável aos olhos do Senhor. A Bíblia ainda afirma que fazer adivinhação é uma prática, em Isaías 47.13 que diz: "Todos os conselhos que você recebeu só a deixaram extenuada! Deixe seus astrólogos se apresentarem, aqueles fitadores de estrelas que fazem predições de mês a mês, que eles a salvem daquilo que está vindo sobre você"

Jeremias 10.2 que diz: "Assim diz o Senhor: “Não aprendam o caminho dos gentios, nem fiquem com medo dos sinais nos céus, porque com eles os gentios se atemorizam."

Além disso, as escrituras relacionam a adivinhação e o ocultismo com atuação de demônios que enganam as pessoas como diz em Atos 16.16: "Aconteceu que, indo nós para o lugar de oração, veio ao nosso encontro uma jovem possuída de espírito adivinhador, a qual, adivinhando, dava grande lucro aos seus donos."

A Bíblia nos adverte a não cair no pecado da adivinhação. Infelizmente, até mesmo em algumas igrejas, alguns impostores tem se levantado advogando para si a habilidade de fazer previsão sobre o futuro ao falar falsamente em nome de Deus. Os supostos cultos a Deus, são na realidade sessões de adivinhações em que as pessoas ao invés de estarem preocupados com a glória de Deus, em propagar o evangelho de Cristo, de resgatar as pessoas das mãos de satanás e estudar a palavra para não caírem em ciladas e armadilhas de falsas heregias, buscam revelações particulares recorrendo a charlatões que se aproveitam da vulnerabilidade dessas pessoas para fazer presságios que nada tem a ver com Deus. E essa é uma prática nova? De jeito nenhum! No tempo do Profeta Jeremias havia muitos falsos profetas mentirosos, vejamos: "E o Senhor respondeu: — Esses profetas profetizam mentiras em meu nome. Nunca os enviei, nem lhes dei ordem, nem lhes falei. Eles estão profetizando para vocês visões falsas, adivinhações inúteis e engano que procede do seu íntimo." Jeremias 14:14

Portanto, quem se envolve com adivinhações, além de ser enganado e perder o seu tempo com algo inútil, ainda peca contra Deus! A única maneira do homem obter conhecimento acerca de coisas que naturalmente ele não compreende, é definitivamente através da leitura e um estudo sério da Bíblia!

Um comentário:

  1. A Bíblia reprova qualquer tipo de adivinhação. É isso e ponto final.
    Parabéns texto esclarecedor em todos os sentidos. Deus te abençoe sempre 😘

    ResponderExcluir

Se gostou, comente, deixe sua sugestão ou uma nova pergunta...