segunda-feira, 19 de junho de 2023

Quais as bênçãos para quem é generoso?

 


“Quem é generoso será abençoado, pois reparte o seu pão com o pobre.” Provérbios 22:9

 

O livro de Provérbios é um manual de sabedoria. Nos ensina princípios, que, se observados, nos conduz a uma vida de sensatez. Em primeiro lugar, a generosidade sempre será um ganho e nunca uma perda “Há quem dê generosamente, e vê aumentar suas riquezas; outros retêm o que deveriam dar, e caem na pobreza.” Provérbios 11:24.

A Bíblia fala que a generosidade é uma 

característica de quem ama a Deus. A generosidade é um sinal que nosso coração não é avarento. O avarento nunca tem o suficiente, mas o generoso tem sempre mais para partilhar, a generosidade também liberta do amor ao dinheiro.

“Cada um dê conforme determinou em seu coração, não com pesar ou por obrigação, pois Deus ama quem dá com alegria. E Deus é poderoso para fazer que toda a graça lhes seja acrescentada, para que em todas as coisas, em todo o tempo, tendo tudo o que é necessário, vocês transbordem em toda boa obra.” 2 Coríntios 9:7-8. O texto incentiva a contribuir com alegria e sem tristeza ou obrigação, pois Deus é poderoso para fazer que toda a graça seja acrescentada e para que se tenha tudo o que é necessário. Deus nos dá dinheiro e recursos para nosso sustento e para assim abençoar outras pessoas. Somos chamados a ajudar as pessoas com suas necessidades espirituais e suas necessidades práticas. “Se alguém tiver recursos materiais e, vendo seu irmão em necessidade, não se compadecer dele, como pode permanecer nele o amor de Deus? Filhinhos, não amemos de palavra nem de boca, mas em ação e em verdade.” 1 João 3:17-18.

Vivemos em uma sociedade onde o egoísmo prevalece, onde existe pessoas que não se importam com quem precisa de ajuda. Em um contexto assim, precisamos ser encorajados a nos lembrar da maior prova de generosidade, aquela que vem do próprio Senhor ao dar seu Filho, Jesus Cristo, para morrer por nós em uma cruz. “Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3:16.

A generosidade nos ensina a não sermos avarentos. Nosso sustento vem de Deus. Muitas pessoas não são generosas porque têm medo de ficar sem nada, mas Deus promete suprir as necessidades de quem é generoso “O generoso prosperará; quem dá alívio aos outros, alívio receberá.” Provérbios 11:25. As pessoas são mais importantes que dinheiro e bens materiais. As escrituras nos ensinam a ser generosos, especialmente com outros cristãos. Todos que amam Jesus pertencem à mesma família e estão ligados por um amor muito excepcional. Após o dia de pentecostes, nasceu a primeira igreja, membros mais ricos vendiam uma de suas propriedades para ajudar os membros mais pobres! Ninguém passava necessidade porque todos cuidavam uns dos outros “Não havia pessoas necessitadas entre eles, pois os que possuíam terras ou casas as vendiam, traziam o dinheiro da venda e o colocavam aos pés dos apóstolos, que o distribuíam segundo a necessidade de cada um.” Atos 4:34-35

A bíblia está cheia relatos de corações generosos. No livro de Rute, descreve a chegada da jovem e pobre viúva ao campo de Boaz no período da colheita. O dono da propriedade incentiva ela a ficar para que pegasse as sobras das espigas, respeitando a lei que ordenava os hebreus a deixarem uma parte da lavoura para os pobres recolherem como mantimento “Quando fizerem a colheita da sua terra, não colham até as extremidades da sua lavoura nem ajuntem as espigas caídas de sua colheita. Não passem duas vezes pela sua vinha nem apanhem as uvas que tiverem caído. Deixem-nas para o necessitado e para o estrangeiro. Eu sou o Senhor, o Deus de vocês.” Levítico 19:9-10.

Mas Boaz vai além. Ele instrui seus servos a deixarem cair mais espigas de proposito a fim de facilitar o trabalho daquela jovem que apanhava espigas para si e para a sua sogra, uma outra viúva. Qual a consequência de tanta generosidade? Deus abençoou Boaz com um lugar especial na história como um antepassado do rei Davi e do próprio Jesus Cristo. “Salmom gerou Boaz, cuja mãe foi Raabe; Boaz gerou Obede, cuja mãe foi Rute; Obede gerou Jessé; e Jessé gerou o rei Davi.” Mateus 1:5-6b

A generosidade deve ser uma das marcas do cristão nesse mundo. Deus nos dá muito mais do que merecemos porque Ele nos ama. Da mesma forma, devemos ser generosos com outras pessoas, mesmo aqueles que não merecem. Ser generoso é uma forma de mostrar o amor de Deus. “Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros.” João 13:35; “Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus.” Mateus 5:16.

Uma pergunta a ser respondida: Como se tornar generoso? Qual é o segredo? Na verdade, não existe segredo, todos podemos viver uma vida de generosidade e vitória sobre o egoísmo.

Para reflexão: O círculo do amor – A história de Bryan

Ele quase não viu a senhora com o carro parado no acostamento, mas percebeu que ela precisava de ajuda. Assim, parou o seu carro e se aproximou. O carro dela cheirava à tinta de tão novinho.

Mesmo com o sorriso que ele estampava na face, ela ficou preocupada. Ninguém tinha parado para ajudar durante a última hora. Ele iria aprontar alguma coisa? Ele não parecia seguro; parecia pobre e faminto. Ele pode ver que ela estava com muito medo e disse: “- Eu estou aqui para ajudar madame. Por que não espera no carro onde está quentinho? A propósito, meu nome é Bryan”. Bem, tudo o que ela tinha era um pneu furado, mas, para uma senhora, era ruim o bastante. Bryan abaixou-se, colocou o macaco e levantou o carro. Logo ele já estava trocando o pneu. Mas, ficou um tanto sujo e ainda feriu uma das mãos. Enquanto ele apertava as porcas da roda ela abriu a janela e começou a conversar com ele. Contou que era de St. Louis e só estava de passagem por ali. Disse que não sabia como agradecer pela preciosa ajuda. Bryan apenas sorriu, enquanto se levantava. Ela perguntou quanto devia (qualquer quantia teria sido muito pouco para ela). Já tinha imaginado todas as terríveis coisas que poderiam ter acontecido caso Bryan não tivesse parado. Bryan não pensava em dinheiro. Aquilo não era um trabalho para ele. Gostava de ajudar quando alguém tinha necessidade. Este era seu modo de viver e nunca lhe ocorreu agir de outro modo. Ele respondeu: – Se realmente quiser me reembolsar, da próxima vez que encontrar alguém que precise de ajuda, dê para aquela pessoa a ajuda de que ela precisa –  E acrescentou: … e pense em mim. Ele esperou até que ela saísse com o carro e também se foi. Tinha sido um dia frio e deprimido, mas ele se sentia bem, indo para casa, desaparecendo no crepúsculo. Algumas milhas abaixo a senhora encontrou um pequeno restaurante. Ela entrou para comer alguma coisa. Era um restaurante um tanto sujo. A cena inteira era estranha para ela.  A garçonete veio até ela e trouxe-lhe uma toalha limpa para que pudesse esfregar e secar o cabelo molhado e lhe dirigiu um doce sorriso. Um sorriso que, mesmo depois de um dia inteiro de trabalho com os pés doendo, não pode apagar. A senhora notou que a garçonete estava com quase oito meses de gravidez, mas ela não deixou a tensão e as dores mudarem sua atitude. A senhora ficou curiosa em saber como alguém que tinha tão pouco na vida podia tratar tão bem a um estranho. Então se lembrou de Bryan. Depois que terminou a refeição, enquanto a garçonete buscava troco para a nota de cem dólares, a senhora se retirou. Já tinha partido, quando a garçonete voltou. A garçonete ainda queria saber onde a senhora poderia ter ido quando notou algo escrito no guardanapo, sob o qual tinha mais 4 notas de cem dólares. Havia lágrimas em seus olhos quando leu o que a senhora havia escrito.  Dizia: “Alguém me ajudou uma vez e da mesma forma eu a estou ajudando. Se você realmente quiser me reembolsar, não deixe este círculo de amor terminar em você”. Bem, havia mesas para limpar, açucareiros para encher e pessoas para servir. Aquela noite, quando foi para casa e deitou-se na cama, ficou pensando no dinheiro e no que a senhora deixara escrito. Como pode aquela senhora saber o quanto ela e o marido precisavam disto? Com o bebê para o próximo mês, como estava difícil. Ela virou-se para o preocupado marido que dormia ao lado, deu-lhe um beijo macio e sussurrou:

“- Tudo ficará bem, meu amor. Eu te amo Bryan”.  Pense nisso, e não feche esse círculo de amor.

Autor: Desconhecido

Sendo generosos, não devemos esperar uma recompensa em troca. Nossa recompensa virá do Senhor, a Seu modo e a Seu tempo.

2 comentários:

  1. A Bíblia diz: de forma que você preste a sua ajuda em segredo. E seu Pai, que vê o que é feito em segredo, o recompensará.
    Mateus 6:4
    Excelente texto 😊
    Deus te abençoe sempre 🙏

    ResponderExcluir
  2. Ótima referência 👏🏼👏🏼👏🏼

    ResponderExcluir

Se gostou, comente, deixe sua sugestão ou uma nova pergunta...