sexta-feira, 23 de junho de 2023

O sono da alma existe?

 


Há um conceito errado que já foi falado nesse artigo https://www.fatosevestigios.com/2023/06/quando-morremos-o-que-acontece-depois.html , que é sobre a sono da alma, ou seja, a pessoa morreu e ela entra num sono profundo. Mesmo os que morreram sem Cristo depois do julgamento, eles vão entrar num sono profundo e

não vão aproveitar a eternidade, isso não existe, não tem nenhum respaldo bíblico pra isso. E porque algumas pessoas acham isso? Quando vemos alguns textos bíblicos onde diz que a pessoa dormiu, elas acabam acreditando que isso de fato é verdade. Vamos ver esses textos. Em 1 Coríntios 11.30 que diz: “Por isso há entre vocês muitos fracos e doentes, e vários já dormiram”. Na verdade, o Apóstolo Paulo está se referindo da ceia do Senhor, e aquela igreja na cidade de Coríntios era um problema. Quando chegava a hora da ceia cada um fazia do seu jeito, inclusive, em vez de tomar uma taça pequena de vinho, eles chegavam a se embriagar. Então imagina todos bêbados na ceia, era assim que acontecia nessa igreja. E o Apóstolo Paulo corrigindo isso, ele fala claramente nesse texto conforme nós lemos, que as pessoas estavam brincando com as coisas de Deus, não estavam levando a sério essa ordem que Jesus nos deixou que era a ceia, por isso tinha muitas pessoas fracas e doentes no meio deles por brincar com o que é sagrado e alguns já tinha morrido por não levarem a sério a ceia. Como você pôde ver, Deus preza a reverência e as escrituras.

Muitos acreditam piamente que quando morremos, entramos num sono profundo, mas veremos o que a Bíblia realmente fala sobre esse assunto, como diz em Apocalipse 6.9-10: “Quando ele abriu o quinto selo, vi debaixo do altar as almas daqueles que haviam sido mortos por causa da palavra de Deus e do testemunho que deram. Eles clamavam em alta voz: “Até quando, ó Soberano, santo e verdadeiro, esperarás para julgar os habitantes da terra e vingar o nosso sangue?” Você percebeu também? Eles haviam morrido, mas estavam vivos! Eles estavam conscientes ou inconscientes? Se você respondeu consciente, você está absolutamente certo, isso mesmo, eles estavam conscientes! Eles não estavam dormindo, mas conscientes e ainda clamando por justiça a Deus. Aprendemos que o corpo dorme (morre), mas o espírito vive eternamente! Mas a pergunta é, para onde vai o espírito depois que a pessoa morre, será que fica vagando pela terra, assombrando as pessoas vivas? A Bíblia responde essa questão, em que situação se encontra as pessoas quando morrem. Os justos falecidos estão com o Senhor. Onde encontramos isso? Em 2 Coríntios 5.6-8a que diz: "Portanto, temos sempre confiança e sabemos que, enquanto estamos no corpo, estamos longe do Senhor. Temos, pois, confiança e preferimos estar ausentes do corpo e habitar com o Senhor.” O Apóstolo Paulo está dizendo o seguinte, enquanto estamos nessa morada terrena, no nosso corpo material, nós estamos distantes do Senhor Jesus, todavia, quando dormimos, quando morremos, iremos para junto de Deus. Filipenses 1.21-24 diz: porque para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro. Caso continue vivendo no corpo, terei fruto do meu trabalho. E já não sei o que escolher! Estou pressionado dos dois lados: desejo partir e estar com Cristo, o que é muito melhor; contudo, é mais necessário, por causa de vocês, que eu permaneça no corpo.

Nós estamos lendo de Paulo, aquele que foi até o terceiro céu, aprendeu de Jesus, fico imaginando que experiências ele teve, quando ele volta, ele traz consigo tantos ensinamentos para aplicar, todavia, ele já sabe pra onde ele vai após ele morrer. Então ele se sente pressionado, aqui ele se sentia útil, mas a vontade maior dele era estar com Jesus, e essa deve ser a nossa vontade. Também temos como exemplo o ladrão arrependido na cruz “Hoje estarás comigo no paraíso” Lucas 23.43, Jesus aqui está afirmando que ao morrermos, se estivermos com Ele, se formos fiéis até o fim, nós vamos para o seio de Abraão. Enquanto estivermos aqui, nós temos uma missão de levar o amor de Jesus a todas as pessoas que precisam dele, nós como igreja, devemos aproveitar cada oportunidade para propagar esse evangelho, assim como tivemos um encontro com Cristo, as outras pessoas que ainda estão distantes também tenham, essa é a nossa missão, trazer o máximo de amigos para Cristo.

Os falecidos ímpios estão em tormento consciente?

E aqueles que morreram sem Cristo? Eles não estarão no seio de Abraão, não estarão sendo consolados. Eles estarão em um tormento consciente. Estou me referindo a passagem que cita Lázaro e o Rico (Lucas 16.19-31). Há uma discussão em que alguns dizem que isso é uma parábola, apesar que essa passagem ela não possui todas as características pra ser enquadrada em parábola, as outras parábolas, Jesus usava elementos do cotidiano, coisas simples do dia a dia para ensinar uma lição. Os personagens não tinham nome específico, um lugar geográfico, uma localização específica. Por exemplo: Em Mateus 13.44 diz: “O Reino dos céus é como um tesouro escondido num campo. Certo homem, tendo-o encontrado, escondeu-o de novo e, então, cheio de alegria, foi, vendeu tudo o que tinha e comprou aquele campo. Aqui podemos observar que não diz o nome desse homem, onde fica esse campo ou em que cidade se passa esse evento.

Já na história de Lázaro e o Rico, podemos ver que temos nome e um local geográfico. O que Mestre quer nos ensinar com essa passagem? Que as pessoas que morreram com Cristo, que fizeram de Jesus Senhor e Salvador de suas vidas elas vão para o seio de Abraão, esse lugar intermediário, onde elas serão consoladas. E as pessoas que morrem sem Cristo vão para um lugar de tormento consciente. Na história do Rico e Lázaro, o rico estava consciente e sabia do porque ele se encontrava ali, porque estava passando por aquele sofrimento todo. E o que ele pediu? Que enviasse alguém para falar com seus parentes, para acreditarem nas escrituras, e fazer do Senhor o seu único Salvador de suas vidas pra eles não irem também para o mesmo lugar de sofrimento onde o rico estava. Ele sabia o motivo de ele está ali, se você perceber, ele nem questiona perguntando o porque de ele está ali. Ele estava desesperado que seus familiares e amigos não fossem parar naquele lugar. Outra coisa, era um lugar de sofrimento, não era um lugar confortável, era tanto sofrimento que a Bíblia diz que ele está estava tão desesperado que ele pediu apenas uma gota de água para aliviar sua dor. Sabemos que uma gota de água não mata a sede, mas ele queria somente uma gota para saciar um pouco a sua sede, pra você ver o sofrimento que ele se encontrava. Os mortos sem Cristo irão para um lugar de sofrimento, e eles saberão porque estão ali. Em Judas 1.7 diz: "De modo semelhante a esses, Sodoma e Gomorra e as cidades em redor se entregaram à imoralidade e a relações sexuais antinaturais. Estando sob o castigo do fogo eterno, elas servem de exemplo”. Observamos que aqui diz estando, no tempo presente contínuo, elas estão, não diz elas estavam como já foi mencionado. As pessoas que foram condenadas elas estão sob o castigo do fogo eterno. O que Jesus quer nos ensinar é que as pessoas que morreram vão para esse lugar intermediário, aguarda o julgamento. Os que morreram em Cristo vão aguardar a recompensas de Cristo onde receberão o galardão, as bênçãos de Deus e os que morreram sem Cristo vão pra esse lugar de tormento, estarão conscientes e saberão porque estão ali, e vão aguardar pelo seu julgamento, pelo Trono Branco para receber seu devido castigo pela eternidade.  Se aqueles que morreram sem Cristo vão para um lugar de tormento, como a Bíblia chama este lugar de tormento? De acordo com Apocalipse 20.15 que diz: "Aqueles cujos nomes não foram encontrados no livro da vida foram lançados no lago de fogo.Também Mateus 10.28 que diz: Não tenham medo dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Antes, tenham medo daquele que pode destruir tanto a alma como o corpo no inferno. Sabemos que esse lugar é chamado de prisão. Sabe a diferença de presidio e penitenciária? Vejamos os conceitos: Presídios abrigam réus com processos sem transitados e julgados, isto é, ainda não foram entraram em julgamento. As penitenciárias abrigam presos já condenados pela justiça, isso significa que nesse espaço intermediário as pessoas que morrem sem Cristo vão para um tipo de presídio, numa prisão. Prisão é um lugar legal? É claro que não! Primeira coisa que você perde numa prisão é a liberdade de ir e vim. Segundo você não pode ver constantemente as pessoas queridas, seus amigos.  Terceiro é uma alimentação ruim, a pessoa não dorme bem. Em 1 Pedro 3.18-19 diz: 'Pois também Cristo sofreu pelos pecados uma vez por todas, o justo pelos injustos, para conduzir-nos a Deus. Ele foi morto no corpo, mas vivificado pelo Espírito, no qual também foi e pregou aos espíritos em prisão. Em Mateus 10.28 que diz: Não tenham medo dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Antes, tenham medo daquele que pode destruir tanto a alma como o corpo no inferno.Estou repetindo o versículo novamente, aqui Jesus está tratando a prisão como inferno, como lugar de sofrimento. Aqui você vê a responsabilidade que a Igreja tem. Você quer que um amigo, um familiar vá para a prisão? Ninguém quer! Qual é a minha e a sua missão? Livrar essas pessoas do caminho da prisão. Jesus nos comissionou a pregar o evangelho a todas as pessoas. "Liberte os que estão sendo levados para a morteProvérbios 24:11a


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se gostou, comente, deixe sua sugestão ou uma nova pergunta...