quarta-feira, 2 de agosto de 2023

Mulher pode se tornar pastora?

 


Existem pastoras na Bíblia? Este é um tema polêmico e delicado que vamos analisar com carinho, e como de costume, usaremos a Bíblia como referência para mostrar o que realmente é verdade.

VELHO TESTAMENTO

A Bíblia dá exemplo claro de duas mulheres, uma exercendo ofício de pastora, Como Raquel.

“Estando ele ainda falando com eles, veio Raquel com as ovelhas de seu pai; porque ela era pastora” Gênesis 29:9

Raquel não era uma pastora de pessoas em uma organização eclesiástica, mas de ovelhas (animais). Raquel auxiliava/ajudava o seu pai.

E a outra exercendo autoridade em outros quesitos como no caso de Débora, que era Juíza em Israel, exercendo uma função de autoridade sobre todos em um contexto político, moral e criminal.

Débora, profetisa, esposa de Lapidote, julgava Israel naquele tempo. Ela atendia debaixo da palmeira de Débora, entre Ramá e Betel, na região montanhosa de Efraim; e os filhos de Israel vinham até ali para apresentar as suas questõesJuízes 4:4-5

Deus não leva em consideração o gênero para ensinar. Paulo ordena a congregação a instruir e admoestar uns aos outros, e essa ordenança “uns aos outros” é dada sem nenhuma distinção de gênero. Que a palavra de Cristo habite ricamente em vocês. Instruam e aconselhem-se mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus com salmos, hinos e cânticos espirituais, com gratidão no coração.Colossenses 3:16

Abaixo tenho a honra de mencionar a Keite, uma cristã, que frequenta a NOVA IGREJA BATISTA GRANDE CIRCULAR Circular - Manaus/AM, que estar como líder de Grupo pequeno, líder do ministério de dança interpretativa e professora no Seminário (Estudos da palavra) juntamente com outros professores e o Pastor Anderson Libório.


Keite - Professora no SENIB

Veja a aula completa do SENIB

Outra pessoa em especial seria a Janaína Libório, estar como líder da música, criadora do VIVA Á PÁSCOA e esposa do Pastor Anderson Libório da NOVA IGREJA BASTISTA GRANDE CIRCULAR

Janaína Libório - em seu Canal no YouTube

Segue o Canal: Mulher à moda de Cristo

Uma mulher para ministrar um estudo sistemático e expositivo das Escrituras não precisa ser pastora. A ordem de anunciar o Evangelho é universal. E disse-lhes: — Vão por todo o mundo e preguem o evangelho a toda criatura.Marcos 16:15

Sobre mulheres exercerem liderança na igreja? Liderança não é “dom ministerial”. Liderança é cargo designado a determinada pessoa independente do gênero.

 

Novo Testamento

Jesus começa o seu ministério escolhendo doze homens para serem Apóstolos, mesmo tendo muitas mulheres importantes ele não escolheu nenhuma delas. E não foi por falta de mulheres competentes, pois, ele tinha a sua disposição as Marias, também, várias mulheres importantes da nobreza, inclusive, ele poderia escolher sua própria mãe, contudo, não a escolheu.


Quando Judas traiu Jesus surgiu uma vaga apostólico. Quando os apóstolos se reuniram para escolher o substituto de Judas havia lá muitas mulheres, inclusive, a mãe de Jesus. Todavia, quem eles escolheram? Matias — Irmãos, era necessário que se cumprisse a Escritura que o Espírito Santo predisse pela boca de Davi, a respeito de Judas, que foi o guia daqueles que prenderam Jesus. — Porque está escrito no Livro dos Salmos: “Fique deserta a sua morada, e não haja quem nela habite.” — E: “Que outro tome o seu encargo.” Depois fizeram um sorteio, e a sorte caiu sobre Matias, que foi acrescentado ao grupo dos onze apóstolos.Atos 1:16,20,26

OBJEÇÕES

Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus. Gálatas 3:28


Este é o versículo preferido para dar legalidade ao pastorado feminino, pois, texto fora de contexto vira pretexto, ou seja, abre um leque de possibilidades para introduzir elementos estranhos ao texto. Principalmente, para forçá-lo a dizer o que ele não diz. Entretanto, uma boa hermenêutica é essencial para desconstruir equívocos. Os defensores do pastorado de mulheres usam esse texto para autenticar a ideia de que Deus chama homens e mulheres para o ministério pastoral. Todavia, a luz do contexto, observa-se que este versículo não fala absolutamente nada sobre ministério pastoral.

O real significado do versículo é que não há distinção de pessoas, portanto, não importa a nação, classe social, etnia, cor de pele ou sexo, somos todos iguais perante Cristo e, somente ele consegue unir tudo em todos. Nada é citado neste texto sobre a legalidade do pastorado feminino.

Quando se trata de mulheres, elas são importante e necessário para o pleno funcionamento da Igreja em sua totalidade, seja no ensino, no cuidado e na divulgação do evangelho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se gostou, comente, deixe sua sugestão ou uma nova pergunta...