segunda-feira, 27 de novembro de 2023

Sou tatuado e agora? Posso ser salvo ou serei condenado?

 

Nos últimos anos a prática de tatuar o corpo tem se tornado cada vez mais popular. Tudo indica que mais e mais receberemos visitantes e novos membros com tatuagens bem místicas.

Em Levítico 19:28, a Palavra diz: “Pelos mortos não dareis golpes na vossa carne; nem fareis marca alguma sobre vós. Eu sou o SENHOR”. (ARA)

À primeira vista, esta palavra parece resolver a questão, parece dizer: o cristão não deve fazer nenhuma marca no corpo; tatuagem é pecado. Porém, o contexto revela que o motivo desta proibição era evitar que os hebreus se identificassem com a idolatria dos caldeus. Como parte de seus rituais aos falsos deuses, os caldeus usavam lâminas afiadas para marcar o corpo. Essas marcas, ou cicatrizes, estavam diretamente relacionadas com a idolatria e culto pagão. Essa orientação era tão específica que, nos versos anteriores, Deus também proíbe outras práticas, tais como: adivinhação e feitiçaria. “— Não comam carne em que houver sangue. Não procurem adivinhar o futuro, nem façam feitiçarias.” Levítico 19:26 (NTLH).

O cortar o cabelo dos lados da cabeça (deixando um tufo de cabelo no meio da cabeça) e o aparar as pontas da barba de uma maneira específica. “Não cortem o cabelo dos lados da cabeça, nem aparem a barba.” Levítico 19:27 (NTLH). Tudo estava relacionado com os rituais pagãos.

Acredito que este texto fala contra o uso de tatuagens ou qualquer outra prática que nos identifique com algum tipo de paganismo, idolatria, imoralidade ou tribo anticristã.

“Só porque algo é correto diante da lei, não significa que seja espiritualmente apropriado. Se eu saísse por aí fazendo tudo que tenho direito de fazer, seria um escravo dos meus caprichos.” I Coríntios 6:12. (A MSG)

“Posso fazer todas as coisas que eu quiser”, mas nem todas são boas para mim. “Posso fazer todas as coisas que eu quiser”, mas não me deixarei dominar por nenhuma delas.” I Coríntios 6:12. (VFL)

Precisamos Aplicar os princípios de I Coríntios 6:12.

Usando os princípios deste texto, devemos orientar o cristão que considera fazer uma tatuagem, a fazer a seguinte auto avaliação:

·         Será que esta tatuagem irá glorificar o Senhor Jesus? Será que ela irá promover a minha pessoa ou a pessoa de Deus? “Portanto, quando vocês comem, ou bebem, ou fazem qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus.” 1 Coríntios 10:31 (NTLH)

 

·         Será que esta tatuagem irá edificar os meus irmãos? Será que ela não irá escandalizar meus irmãos mais fracos na fé? “Ai do mundo por causa das coisas que fazem com que as pessoas me abandonem! Essas coisas têm de acontecer, mas ai do culpado!” Mateus 18:7 (NTLH).

Os meios de comunicação ensinam os cristãos a pensar de forma errada. Nossa cultura promove: “Siga o seu coração! Faça o que der na sua cabeça!” Abaixo, seguem dois fatos muito importantes.

1.    1- "Muitos se arrependem de terem feito uma tatuagem. Um estudo realizado pela Associação dos Dermatologistas Britânicos revelou que um terço dos ingleses que se tatuaram se arrependeram de terem feito isto. Nos Estados Unidos, na cidade de Pittsburgh, uma clínica especializada em tratamento dermatológico a laser diz que, nos últimos anos, a procura pela remoção de tatuagens cresceu em 50 por cento! E que este processo é longo, doloroso e caro. (www.hersutah.com, artigo escrito por Peter Sullivan, publicado no Pittsburgh Post-Gazette em 1 de Agosto de 2012)”

2.    2- "A tatuagem cria uma barreira social desnecessária. Muitas pessoas veem com desconfiança alguém com uma tatuagem. Por isso, uma tatuagem pode custar uma boa amizade, namoro, emprego, oportunidade comercial ou, pior, a oportunidade evangelística ou ministerial. Dr. Michael R. Mantell disse: “O mundo está dividido em dois tipos de pessoas: aqueles que têm tatuagem e aqueles que têm medo das pessoas tatuadas. Honestamente, eu fui criado entre este segundo grupo. Afinal de contas, quem eram as pessoas que usavam tatuagem em Newark, New Jersey, onde cresci? Marinheiros, criminosos, membros de seitas estranhas, roqueiros e gente ruim.” (San Diego Magazine, Agosto de 2009, A Psicologia da Tatuagem”

Hoje é cada vez mais comum a tatuagem das sobrancelhas, que no início era feita apenas por pessoas que perderam o cabelo por causa de tratamentos médicos. Outros usam a tatuagem para disfarçar partes do couro cabeludo onde existem falhas sem cabelo. Oftalmologistas usam de um procedimento para tatuar o olho cego de alguns pacientes para evitar que a perda da coloração crie uma aparência repulsiva nas pessoas. Médicos também tatuam pontos na pele de pessoas que precisam passar por aplicações repetidas de radiação, para não perderem o local exato da aplicação. Existe mulheres que tatuam aréolas dos seios, devido a retirada de uma das mamas por conta do câncer.  Nenhum destes casos poderia ser incluído na proibição citada no Antigo Testamento, embora eu tenha ouvido casos de cristãs que acreditem que a Bíblia condene a tatuagem, mas que renovaram o formato de suas sobrancelhas por meio de... tatuagem!

Precisamos Preparar a igreja para amar os tatuados!

Como já disse no início deste artigo: nos últimos anos a prática de tatuar o corpo tem se tornado cada vez mais popular. A igreja precisa estar preparada para receber os visitantes ou novos membros tatuados. Assim como Jesus recebia e comia com os publicanos e pecadores, nós devemos receber os tatuados no amor de Cristo. E, caso Deus os alcance com Sua graça é obvio que devem ser integrados ao corpo de Cristo sem nenhuma reserva. Para isto, precisamos ajudar os membros da igreja, especialmente os mais preconceituosos, a buscarem em Deus sabedoria e amor para superar suas fraquezas, e aprender a ver as pessoas como Deus vê. “Mas o Eterno disse a Samuel: “Não olhe para o exterior. Não fique impressionado com sua aparência e estatura. Eu já descartei esse. O Eterno não julga as pessoas pelos padrões humanos. Os homens e as mulheres olham para a aparência, mas o Eterno vê o coração”. 1 Samuel 16:7 (MSG)

Temos que aprender a ver, por trás das tatuagens, uma pessoa criada à imagem e semelhança de Deus, ver uma alma que vale mais do que o mundo inteiro. Que Deus nos ajude a ser como Paulo que acolheu a todos sem distinção, preconceito ou sem falsa modéstia, mas ganhando a todos, mostrando o verdadeiro Amor de Deus.

Agora se você já é tatuado, quer aceitar a Cristo e ir à igreja, saiba que  você pode ser salvo, pois Deus te ama e te aceita como você é. Ele olha para o seu coração e não para a sua aparência. O que importa é que você tenha um relacionamento sincero e verdadeiro com Ele, e que procure seguir os seus mandamentos. A igreja é um lugar de acolhimento, de perdão, de comunhão e de crescimento espiritual. Você é bem-vindo a participar da igreja, de grupos pequenos que farão você se parecer mais com Cristo. A Bíblia mesmo diz:

“Se confessarmos os nossos pecados, Deus nos perdoará e nos purificará de toda injustiça, pois ele é fiel e justo.” 1 João 1:9 (VFL)

'E aquele que está assentado no trono disse: Eis que faço novas todas as coisas.” Apocalipse 21:5ª (VFL)

'Então, disse Jesus a seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me.” Mateus 16:24 (ARA)

Quando decidimos entregar nossas vidas a Jesus, começamos a viver uma nova vida, pedir perdão pelos nossos pecados e deixar para trás o passado, prosseguir em viver em novidade de vida, indo as reuniões da igreja, participando de grupo pequeno, fazendo o devocional na semana, lendo a Bíblia todos os dias, com isso você vai moldando seu caráter ao caráter de Cristo, como as 8 qualidades de Cristo em Mateus 5.3-12

Esqueça o passado, siga em frente! Como está escrito: “Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus.” Filipenses 3:13-14 (NVI)

Como minha esposa sempre diz: “são consequências de escolhas erradas, consequências do pecado”. Não podemos mudar o passado, mas somos obrigados a colher as consequências de nossas decisões. Por isso, é melhor você pensar seriamente sobre isso, principalmente porque mudamos muito ao longo de nossa vida. Até mesmo aquilo que você considerava belo há dez ou vinte anos pode não achar tão bonito agora e talvez venha a detestar no futuro. Isso acontece com modelo de roupa, cor de carro ou decoração da casa. 

Pense muito antes de fazer tatuagens!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se gostou, comente, deixe sua sugestão ou uma nova pergunta...